Miguel van Assen e Sigourney Kamé, os melhores do ano 2018 em Suriname

PARAMARIBO, Suriname, 21 dezembro de 2018.- Depois de três tentativas consecutivas finalmente o atleta de salto triplo, Miguel van Assen ganhou o prêmio como melhor esportista do ano do Suriname. Van Assen superou uma concorrencia forte do nadador Renzo Tjo A Joe, o jogador de damas Guno Burleson e o ciclista Jair Tjon En Fa. Ele dedicou o prêmio para seu tecnico Lazaro Caderon.

Os vencedores dos principais prêmios com os membros da Associação de Jornalistas do Suriname.

Van Assen conquistou o ouro no Campeonato Sul-Americano em Cochabamba, Bolívia e quebrou o recorde dos jogos. Ele também conquistou o bronze nos Jogos da América Central e do Caribe em Barranquilla, Colômbia, estabelecendo um recorde nacional.

Para a associação de jornalistas esportivas do Suriname foi dificil escolher o vencedor, mas no final a meta estabelicida no Campeonato Sul-Americano foi decisivo.

Na parte feminina Sigourney Kamé superou a atleta Sunayna Wahi e a jogadora de xadrez Rosangela dos Ramos. Kamé se tornou campeã caribenha de sub-23 e foi eleita a jogadora mais valiosa do torneio.Porque ela está estudando nos Estados Unidos ela não estava presente para receber seu prêmio.

Os prêmios para os atletas juniores do ano foram para a atleta Monifa Djoe e o jogador de futebol Brian Elshot. Atletas com deficiência também receberam um prêmio por seus desempenhos. Os atletas Steven Vreugd e Bernice Kortstam tornaram-se os melhores atletas olímpicos especiais, enquanto Ifaacia Haabo se tornou a melhor atleta paraolímpico.